© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round

SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

Santiago - Resumão

22.06.2017

No feriado de Corpus Christi fomos para Santiago, no Chile. Uma viagem que fechamos 7 meses atrás, com um ótimo preço, e que finalmente chegou! A viagem foi com outros dois casais de amigos, e vou contar aqui um pouco de como foi.

 

Vou começar falando do hotel que ficamos: o RQ Providencia. Ele faz parte da cadeia chilena RQ, que conta com algumas unidades em Santiago. A escolha foi por conta da localização e preço. Como eu já tinha ido para a cidade, sabia que o melhor lugar para se hospedar, na minha opinião, era no bairro de Providencia - que é seguro, fácil acesso a tudo e cheio de lojas e restaurantes. Acabamos escolhendo o RQ pois ficava no miolinho do bairro que eu acho mais legal (perto das lojas Falabella, Paris e da estação de metrô Los Leones) e também por ser um hotel com apartamento grande e café incluído na diária. Como tínhamos pouco tempo na cidade (3 dias inteiros), ter o café já "resolvido" fez a gente ganhar um tempo!

 

A chegada foi ótima e o nosso quarto era igual às fotos: enorme e com sala, cozinha, quarto, banheiro e uma sacada. O de nosso amigos era um pouco menor, mas ainda assim bem espaçoso. O engraçado de lá é que o café da manhã é entregue em uma cestinha de pic nic um dia antes no apartamento, e aí você mesmo monta seu café na hora que quiser. Vem sempre suco, frutas  yogurt, croissant, um sanduíche com queijo e presunto e sachets de café. Como o apartamento tem cozinha equipada, deu para nos virarmos bem. A localização saiu melhor que a encomenda: em frente tínhamos uma loja de conveniência (que dava para comprar água e outros lanchinhos) e um Mc Donald's 24 horas - nunca se sabe, né?! rsrsrs. Embaixo do hotel também tem um restaurante alemão super gostoso, o Elkika Ilmenau e RQ Providencia também tem outro bônus: um terraço na cobertura de onde se vê a cidade toda e a cordilheira, uma vista lindíssima! 

No geral, eu achei que valeu muito pena, um ótimo custo-benefício. 

 

 Recepção do hotel

 Nosso quarto e o café da manhã na cestinha

 Nada mal a vista da cobertura do hotel, hein? - Depois desse pôr do sol espetacular, só chuva!

 

Passeios e transfers - Nós reservamos os transfers e passeios com a Sousa's Tour, uma agência que descobri quando fui da outra vez para Santiago e que adorei e indico para todo mundo! A dona é brasileira e todos os guias falam português e são divertidíssimos. Fechamos os transfers, City Tour + Concha y Toro e o passeio para o Valle Nevado com eles, e dessa vez pude testar inclusive o atendimento de emergência, pois um dos casais de amigos tiveram problemas com o vôo (não conseguiram pousar e foram parar em Mendoza, chegando com um dia de atraso em Santiago!) e tivemos que alterar de última hora os transfers com a agência - foram novamente aprovados, atendimento excelente!

 

O clima - Na véspera da viagem, nosso grupo do Whatsapp estava bombando porque a previsão em 2 dos 3 dias que teríamos na cidade era de chuva :-(  Para o primeiro dia o tempo estaria ótimo e não atrapalharia o city tour + passeio na Concha y Toro. Para o segundo dia a previsão era chuva o dia todo, o que não era ideal, mas como íamos para a montanha, podia ser que lá em cima não estivesse chovendo, ou então pegássemos neve caindo, o que seria bacana também. Agora chuva (e frio abaixo de zero) previsto para o último dia da viagem era de doer, ainda mais porque seria nosso dia livre - e planejávamos visitar o Cerro San Cristóbal, um passeio lindo de se fazer com sol!

 

Ficamos acompanhando a previsão e torcendo para ela não se cumprir, mas não deu outra... O tempo ficou assim mesmo, ameno no primeiro dia e com chuva forte sem parar nos outros dois, conforme previsto (e sem sol na cordilheira!). O que fazer quando isso acontece? Não tem muito né, mas o que fizemos foi nos programar para esse tempinho ruim, levando na mala galochas e casacos impermeáveis, e tentar aproveitar ao máximo assim mesmo! Não é o ideal, mas acontece.

 

Nos próximos posts vou comentar dia a dia o que fizemos, com dicas dos restaurantes que fomos - come-se (e bebe-se!) muito bem em Santiago!

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload