© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round

SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

DPNY - Um paraíso em Ilhabela!

01.08.2017

Como hoteleira de formação, tenho uma lista de hotéis que eu tenho vontade de conhecer no mundo. O DPNY em Ilhabela era um deles, e no penúltimo final de semana de Julho fomos conhecê-lo! Como estamos no inverno, o Murillo achou no site do hotel uma promoção boa que incluía duas diárias com café da manhã a ainda dois jantares e um almoço (Pacote Gourmet, se não me engano). Diferentemente da viagem ao Chile, a previsão do tempo em Ilhabela era ótima: sol e temperatura entre 20 e 25ºC. Para mim esse é o clima perfeito, já que não sou muito chegada em calor.

 

Chegamos lá na sexta por volta das 20:00. Pegamos trânsito na Marginal e também duas horas de fila na balsa, então a ida foi bastante cansativa: 6 horas de viagem! Quando enfim chegamos, já deu para perceber que a viagem valeu a pena: nossa recepção foi ótima, o quarto era uma delícia e os ambientes do hotel super charmosos, no estilo rústico chic, cheio de velas.

 

 

O jantar desse dia, que estava incluso, precisava ser reservado. Há duas opções para jantar: o restaurante Tróia e o Sushi Bar, que é mais próximo à praia, com algumas mesas pé na areia. Escolhemos para esse primeiro dia conhecer o Tróia.O restaurante é lindo, cheio de velas, e o pacote dava direito a entrada e prato principal (com algumas exceções devidamente sinalizadas no cardápio). De entrada, eu escolhi um queijo brie com massa folhada e geléia e o Murillo algo com presunto parma e lentilha, que ele não gostou muito. O meu estava delicioso! O prato principal nós dois escolhemos o mesmo e erramos: era um corte de carne (não lembro qual) com risotto de parmesão. A carne estava muito "nervosa" (falo assim quando está cheia de nervos, sabe? Odeio!) e muito dura, eu praticamente não comi... Ficamos levemente decepcionados mas tudo bem, decidimos que no dia seguinte experimentaríamos jantar no Sushi Bar.

 

 Restaurante Tróia (essa foto tirei durante o dia!)

 

No dia seguinte, com a luz do dia, nós pudemos ver o quando o hotel é lindo! Muito bem decorado, cheio de flores, plantas, objetos de decoração variados e todo no estilo beach club, com mesas, bangalôs, espreguiçadeiras, camas, sofás frente ao mar e com uma música ambiente deliciosa rolando em todos os ambientes.

 

 

 

Depois de dar uma volta no hotel, o café da manhã nos aguardava: super completo e servido em um terceiro salão do hotel, frente ao mar e com uma decoração bem diferentona (me lembrou a decoração do FAENA, de Buenos Aires - que nunca fui mas que também está na listinha dos hotéis para conhecer antes de morrer!).

 

Essa foto ficou escura, mas dá para ter um ideia do visual do café da manhã!  

 

Fomos então para a praia e nos acomodamos em uma das camas brancas do hotel frente ao mar, debaixo de um coqueiro - haviam também espreguiçadeiras e cadeiras normais, mas quem resiste a uma cama (cama mesmo!) na praia? Saímos de lá somente para mudar nosso "acampamento" para a beira da piscina, que também tem as camas com ombrelones. Sobre a piscina: existem duas na realidade, uma interna e a externa. A interna é aquecida, pequena e fica ao lado da jacuzzi e das saunas. A externa é enorme, e de início eu não estava confiando muito no papo de que era "climatizada", achei que a água estaria fria. Para nossa surpresa (e alegria!) estava em uma temperatura super gostosa de ficar, era climatizada mesmo!

 

 

Nós almoçamos em um restaurante na ponta da Praia do Curral (a mesma do hotel - coisa de 5 minutos de caminhada!), que é do irmão de um colega de trabalho do Murillo, o Comandante Adriano. Comemos um mix de petiscos deliciosos lá. Um adendo: eu não senti em nenhum momento no hotel a presença dos temidos borrachudos. Agora, enquanto estávamos almoçando no restaurante, eu senti que eles estavam devorando minhas pernas e foi dito e feito: saímos de lá cheios de picadas...

 

 

Voltamos ao hotel e neste dia jantamos no Sushi Bar. A escolha foi certeira: estava tudo uma delícia, além de o ambiente ser mais bonito que o do Tróia! Lá não tem opção, o jantar do pacote gourmet é um só, composto por um trio de entradas e um combinado para duas pessoas - que é bem servido e estava muito gostoso. Depois de jantar ficamos jogando buraco na sala de jogos por horas, até irmos dormir.

 

 

Domingão, dia de ir embora, nos despedimos do hotel com mais uma rodada do café da manhã delicioso, a piscina, os drinks (tomei uma caipirinha de lichia e amora deliciosa!) e finalizamos com o buffet de almoço que também estava incluso no pacote gourmet. É servido no mesmo restaurante do café da manhã e estava muito bom, com muita variedade.

 

 

Por volta das 15:30 nós fizemos check out (podia ser feito até as 18h!), e a volta foi mais tranquila que a ida, não pegamos trânsito e nem fila para a balsa.

 

O nosso veredicto foi: amamos e queremos voltar! Apesar da mancada do primeiro jantar, o final de semana foi uma delícia e o hotel é tudo o que esperávamos: muito charmoso e com ótimo serviço. Um verdadeiro convite a um refinado final de semana de descanso!

 

❤❤❤

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload