© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round

SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

DIYs do nosso casamento!

21.03.2018

Nosso casamento foi organizado com bastante antecedência, cerca de 1 ano e meio antes começamos a planejar tudo, e eu sabia desde o começo que queria colocar a mão na massa e eu mesma cuidar de cada detalhe, e assim foi! Deu um trabalho absurdo, em vários momentos eu pensei "por que fui inventar de fazer isso?", mas se fosse preciso faria tudo outra vez, porque foi absolutamente incrível.

 

Vou falar em tópicos dos DIYs (faça você mesmo), assim fica organizado! A inspiração para tudo o que fiz eu encontrei em blogs de casamento e também no Pinterest!

 

Lágrimas de alegria

 

Foi uma das coisas que me deu mais trabalho, porque eu queria entregar junto do lencinho um terço dezeninha, e eu fiz manualmente cada tercinho, miçanga a miçanga, depois coloquei todos no saquinho com o lencinho e adesivei. Lembro como se fosse ontem das noites que passei até tarde em minha cama montando esses tercinhos rsrsrsrs.

Nossos bem casados também vinham com a mesma medalha do Anjo da Guarda e uma tag (que foi feita pela mesma empresa que fez nosso convite, a Convite Art).

 

Robes

 

Comprei 4 robes de cetim na Riachuelo (um azul e três rosa claro) e, no Ebay, vários silks (será que é assim que chama?) de strass escrito em inglês: noiva, mãe da noiva, irmã da noiva e avó da noiva. Dei de presente para as respectivas e os usamos enquanto estávamos nos arrumando no hotel, juntas!

 

Porta guardanapo

 

Não foi DIY porque não fui eu que fiz, mas ficou tão lindo que acho que vale a pena falar dele aqui também. Mandei fazer um porta guardandapo de courino dourado com nosso monograma, assim que vi me encantei e foi um sucesso na festa, ficou lindo demais! Quem fez foi um vendedor do Elo 7, chamado Ateliê Sweet Memories.

 

 

Ipanemas

 

Esse também ganhou o prêmio dos TOP itens que deram mais trabalho, mas que também valeu muito a pena porque rendeu muitos elogios e ficou uma graça. Eu queria dar um chinelinho para as convidadas, e queria que fosse Ipanema porque eu adoro e porque Havaianas machucam meus pés e eu não uso kkkkkkkk. Descobri através da minha assessora querida que existe uma rua em São Paulo que só vende chinelos em atacado (Rua Cavalheiro, no Brás). Fui lá um dia com minha mãe e encontramos a Daniel Atacado, que só trabalha com Grendene - eles têm loja online, mas na época somente vendia para quem tinha CNPJ, não sei se ainda é assim. Comprei se não me engano 10 caixas com 12 chinelos cada - a caixa já vem com a grade de numeração dos números que mais saem. Peguei na época um modelo de promoção que foi baratíssimo, menos que 4 reais o par - hoje no site o modelo mais barato é R$ 6,50, ainda um ótimo preço.

 Enlouquecendo na Daniel Atacado.

 

Chegando em casa, o trabalho maior foi: tirar todas as Ipanemas das caixas, remover o lacre, juntá-las com um laço e colocar a tag da numeração (que eu tinha feito no computador e mandado imprimir). Parece pouco, mas multiplicado por 120 foi trabalhoso para caramba!

Também fiz no computador e imprimi em gráfica o vale chinelo, que foi entregue às mulheres ao chegar na festa.

 

Convite dos padrinhos

 

Nós queríamos convidar nossos padrinhos de uma forma única e especial, e então eu fiz no computador um modelo de cartão especial para a ocasião, com o interior todo personalizado. Fizemos o convite para os casais em momentos aleatórios, conseguimos pegar alguns de surpresa! Também bolamos um presente especial para eles, que entregamos no jantar dos padrinhos - fiz post sobre isso (clique aqui para ler!).

 

 

Livro de Assinaturas

 

Alguns meses antes do casamento, estávamos em um feriado em Riviera e resolvemos pedir para minha irmã tirar umas fotos nossas num por do sol maravilhoso que estava rolando, tipo um ensaio pré-wedding improvisado. Montei em casa o fotolivro, deixando alguns espaços para as pessoas assinarem, e assim nasceu nosso livro de assinaturas! Comprei uma lousinha na Daiso, pintei de dourado, e ela ficou ao lado do livro, convidando as pessoas a nos deixar uma mensagem (usei umas letrinhas adesivas de scrapbook que havia comprado nos EUA).

 

Impressos gerais

 

Alguns itens de papelaria como nosso save the date (que foi um cartão postal que enviamos pelo correio!), plaquinha de reservado para as mesas, menu do bar de caipirinhas, livro de colorir para crianças, missal com as leituras do casamento, foram coisas que eu fiz no computador (combo Paint+Power Point - totalmente amador) e mandei imprimir em gráficas, personalizando com alguns adesivos para dar um charme.

Esse porta retrato está hoje em nossa sala, com uma foto do casamento!

Manuscritos

 

Minha avó tem uma letra linda, e eu pedi a ela que caligrafasse nossos convites (com uma caneta dourada de caligrafia, que comprei nos EUA) e também a tag dos docinhos. Além de ter ficado lindo, tem um valor especial porque foi ela que fez!

Outra coisa manuscrita que fiz (dessa vez, com minha letra!), foi uma lousa enorme (que comprei na Lojas Big (tem post no blog sobre essa loja - clique aqui para ler) e escrevi nela "Bem Vindos" nos idiomas de todos os convidados que vieram de fora do Brasil - uma maneira de demonstrar nossa alegria em tê-los aqui! Em volta, prendi um cordão de flores artificiais, comprado na rua 25 de Março.

Ela ficou na porta do buffet em um cavalete que foi herança do casamento da minha Cunhada, que foi um ano antes do nosso (valeu, Cunha!) - tem foto mais abaixo dessa lousa na entrada da festa!

 

Almofada das Avós

 

Nós temos, graças a Deus, cada um uma Avó viva, e queríamos reservar para elas uma local privilegiado na igreja em nosso casamento, no primeiro banco! Lembro que vi em um blog de casamento uma ideia que achei bárbara: a noiva havia mandado fazer uma almofada bordada para com o nome de cada Avó para marcar o lugar delas na igreja! Com a ajuda da minha Mãe ❤ (que costurou as almofadas - uma das milhares de coisas que ela me ajudou no casamento), coloquei a ideia em prática, e o resultado ficou lindo demais (mandei bordar na Raville Bordados, no Shopping Tamboré - super indico!).

 

#MARCELAEMURILLO

 

Em um passeio na 25 de março, vi um rapaz fazendo letras de madeira e encomendei uma # para nosso casamento! Ficou bem na entrada da festa e hoje decora nossa sala. O trabalhão maior foi pintá-la de dourado (hoje na 25 eles mesmos pintam, revestem com tecido, mas quando eu comprei era a letra crua mesmo!).

 

Letreiro M & M

 

Na época de nosso casamento era novidade, hoje essas letras iluminadas já estão super populares, como acontece com tudo, né? Na época não havia no Brasil, e eu trouxe dos EUA as letras com luzinhas, e pintei o fundo delas com dourado para decorar nossa mesa de doces. Hoje também decoram nossa casa, estão em nosso aparador e ainda as acho um charme!

 Nossa mesa de doces completa! 


Kit Toilette e placa dos banheiros

 

Nosso kit toilette era bem básico, composto por uma bandeja de 1 dólar (salve Dolar Tree!) pintada de spray dourado por mim e com alguns ítens emergenciais para deixar nos toilettes feminino e masculino.

Kit masculino

Kit feminino

 

Ainda no tema toilette, eu fiz dois porta retratos com fotos nossas de pequenos para colocar na porta do banheiro, indicando feminino e masculino! hehehehe Ficou uma graça, pena que não deu pra pendurar na porta do banheiro e eles ficaram na bancada da pia mesmo - o porta retrato era de plástico, da Daiso, pintado com tinta spray dourada!

Corações de Santo Antônio

 

Também um ideia que vi na internet, amei, e quis reproduzir. Eu fiz uma caixa com os seguintes dizeres:

Após o bouquet ser jogado, a assessora passou pela pista entregando um coração de feltro com uma medalha de Santo Antônio para cada solteira que não tinha tido a sorte de pegar o bouquet - minha mãe fez os corações, um a um!

Lacres dos convites

 

O lacre de cera que fechava os convites do nosso casamento fui eu que fiz! Mandei fazer o sinete pelo E-bay (aí chegou em um tamanho menor do que o anunciado, eu reclamei, o vendedor mandou outro maior) e fiz cada um deles, depois colei no envelope com fita dupla face!

 

Welcome Kit

 

Não sei se já mencionei aqui, mas nós somos de Barueri, na grande São Paulo, e nos casamos em Itu, uma cidade mais ou menos 100 km distante da capital, onde mora parte da família do meu marido. Nossos convidados de fora ficaram hospedados no Ibis Itu, e eu bolei uma sacolinha com alguns itens para dar boas vindas a eles quando chegassem ao hotel. As sacolinhas continham uma garrafinha de água personalizada, uma caixinha com bombons, um tag para colocar na porta do quarto do hotel e um cartão (com uma ilustração nossa na capa) com informações importantes sobre o evento (por exemplo: os horários de partida do ônibus que contratamos para fazer o transporte dos convidados).

As caixinhas, montadas uma a uma pela minha cunhada.

A tag foi feita pela mesma empresa dos convites

A sacolinha ainda ia com uma tag com o nome dos hóspedes e o mesmo lacre que selou o convite.

 

Foram meses e meses organizando tudo, mas valeu cada minuto, só quem casou sabe da emoção e alegria deste dia!

 

Espero que tenham gostado ❤

 

Fotos oficiais: Studio Classic

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload