© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round

SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

Ríos de Hielo - Primeiro passeio na Patagônia!

03.09.2018

O nosso primeiro passeio na Patagônia foi o passeio Ríos de Hielo, um passeio de meio dia que nos levou a percorrer de barco o Lago Argentino para visitar duas grandes geleiras (ou glaciares, como eles chamam): Upsalla e Spegazzini, além dos icebergs, formados pelo desprendimento de calotas de tais geleiras.

 

Uma van nos buscou cedo no hotel e nos levou até Puerto Bandera, um porto que fica cerca de 40 minutos a oeste de El Calafate, já dentro do Parque Nacional de los Glaciares. Antes de embarcar e ainda no porto, você precisa pagar uma taxa de visitação ao parque (como se fosse um ingresso, que vale por apenas um dia). Atenção porque somente aceitam pagamento em espécie (em Maio/2018 essa taxa era de AR$ 600 - salgadinho).

 

O barco que embarcamos foi o Patagonia Infinity, um barco bem grande, com dois andares e área externa, que conta com dois banheiros (feminino e masculino) e uma mini cafeteria (que só vendia bebidas). Lá dentro os assentos não são marcados, são várias mesas com sofázinhos, que acomodam 2 a 3 pessoas em cada lado da mesa, alguns de frente para o barco, outros de costa, sabem como é? Esqueci de tirar foto :(

Nosso barco no porto: já eram 8h30 da manhã e ainda estava noite! Na época que fomos os dias eram super curtos, então amanhecia tarde e escurecia cedo.

 

Antes de partirmos, o guia se apresenta e também o fotógrafo, que dá várias dicas de como tirar fotos boas com/dos glaciares e oferece seus serviços: eles vendem as fotos avulsas ou então um pendrive com todas as fotos. Achei bem bacana porque não ficaram empurrando nada, ele tirou fotos apenas de quem quis - acho muito chato quando ficam querendo te forçar a comprar fotos de passeio, e lá eles nos deixaram bem a vontade. O preço é bem razoável, acabamos comprando uma foto cada uma.

 

Enquanto ainda estávamos atracados, o guia oferece acesso ao andar de cima para quem quiser ter uma experiência VIP, com almoço incluído. Não me recordo o valor, mas notei que houve pouquíssima adesão.

 

Durante todo o passeio o guia vai falando sobre os glaciares no microfone: como eles se formam, suas dimensões, tempo de existência, etc. Tudo muito interessante e bastante impressionante: para vocês terem uma ideia do tamanho dessas geleiras, a Upsalla tem 765 km² de área: é três vezes o tamanho da cidade de Buenos Aires.

Nosso barco entre os icebergs!

 

Ao longo da navegação, que conta com vista panorâmica de paisagens de tirar o fôlego, fomos avistando vários icebergs dos mais diversos tons de azul - esses icebergs são formados por pedaços (enormes!) de gelo que se desprendem das geleiras e ficam boiando no lago até derreterem. As fotos não fazem jus!

 O tempo foi abrindo e a água clareando! 

A primeira parada é no canal do glaciar Upsalla, onde avistamos várias icebergs, mas não conseguimos chegar perto do glaciar justamente por conta dos desprendimentos. O ápice do passeio se dá ao chegarmos no glaciar Spegazzini - o tempo colaborou e abriu bem quando chegamos lá, então pudemos ter uma vista maravilhosa e tirar várias fotos igualmente lindas. 

Nesse momento, o barco fica propositalmente parado, e foi quando nós resolvemos almoçar nosso lanchinho - nada mal almoçar com essa vista hein?

 

Voltamos para Puerto Bandera, onde nossa van já nos esperava para retornar ao hotel. O bacana desse passeio é que você volta cedo para El Calafate e consegue aproveitar o dia dando uma volta na cidade ou curtindo o SPA do hotel - que foi o que fizemos. Quem tiver com agenda apertada na cidade e vôo de partida programado para noite, pode tranquilamente fazer esse passeio no dia da volta, porém eu recomendo esse como um primeiro passeio a se fazer em El Calafate. A geleira mais famosa e UAU da região é a Perito Moreno, e justamente por isso eu recomendo deixá-la para o final, e ter esse primeiro contato com as geleiras no passeio Ríos de Hielo - nós amamos e ficamos muito impactadas, mas tenho certeza que se tivéssemos feito o passeio ao Perito Moreno primeiro, esse passeio teria perdido grande parte de sua graça - foi o que aconteceu com um casal que conhecemos a bordo!

 

Essa é uma dica que serve para qualquer viagem que eu faço: eu procuro deixar sempre o melhor para o final - o melhor ou o que eu tiver maior expectativa de conhecer. Isso faz parte da construção da viagem e dá muita dó acabar desmerecendo um passeio bacana só porque você já começou seu roteiro com outro mais impactante. Acho que quando você se organiza dessa forma, a viagem vai sendo construída gradativamente e vai se desenrolando até atingir o ápice, e isso é muito bom, porque você aproveita e curte cada passeio sem ficar comparando um com o outro. Por isso a fase de planejamento de uma viagem é tão importante! Como fomos para a Patagônia quase no inverno, época de baixa temporada e tempo ruim, organizamos os passeios baseados na previsão do tempo, porém não poderia ter sido melhor, se tivesse que indicar uma ordem para fazer os passeios, indicaria essa nossa!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload