© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round

SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

Restaurantes em El Calafate

08.10.2018

Último post sobre a Patagônia, vim falar sobre um assunto delicioso: todos os restaurantes que fomos em nossa viagem!

 

Como falei anteriormente, nos dias que tínhamos passeios marcados, nós levamos lanches na mochila e não almoçamos formalmente, porém conhecemos vários restaurantes e lanchonetes que fomos para jantar e também para almoçar nos dias de chegada e de partida. Os restaurantes estão por ordem de visita, com links para os que têm site! Observação importante: fomos almoçar/jantar em todos eles à pé, saindo de nosso hotel, essa é uma grande vantagem de se ficar em um hotel bem central!

 

Viva La Pepa

 

Chegamos em El Calafate morrendo de fome, depois de uma noite inteira viajando, e depois de nos acomodar no hotel e fechar os passeios na agência, fomos atrás de algum lugar para almoçar. Tínhamos pesquisado no Viaje na Viagem (site que AMO com dicas de viagens) alguns restaurantes e fomos atrás do Viva La Pepa, que indicaram dizendo servir crepes deliciosos. Nós duas amamos crepes e fomos correndo para lá, na torcida para estar aberto, já que era baixa temporada. Para nossa sorte, ele estava aberto, e vazio! A cidade toda fica bem vazia durante o dia, que é quando a maioria dos turistas está fazendo passeios.

 

O restaurante é bem pequeno, todo colorido e com poucas mesas. O menu é bem grande, eles servem crepes e também sopas e cremes. Há uma variedade enorme de sabores de crepes! Pedimos um creme de abóbora e um crepe cada uma. Estava tudo delicioso, nós duas adoramos!

 

Endereço: O restaurante fica na Plaza Perito Moreno, ao lado da igreja católica da Av. Libertador. No Google Maps o endereço está meio estranho: 1 9405, Amado 833, El Calafate, Santa Cruz, Argentina.

Água e cenourinha cortesia - adoro essas delicadezas! 

 

Mako Premium Bar

 

Ainda no dia da chegada, depois de curtir uma tarde toda na área de SPA do hotel, fomos jantar em um restaurante super perto do hotel, também na Av. Libertador, chamado Mako. Gostamos porque estava bem movimentado, com um público jovem e bem animado. Ficamos no mezanino e pedimos um sanduíche bem tradicional argentino, chamado choripan, que é um lanche de linguiça com molho chimichurri - delicioso! Acompanhava batata rústica frita e dois molhos para o lanche.

 

Endereço: Av. del Libertador 1202. 

 

Isabel Cocina al Disco

 

Fomos no Isabel no domingo à noite, após ler recomendações na internet e seguindo também a dica de um conhecido da minha irmã, que viu que estávamos em El Calafate no instagram dela e falou que precisávamos ir lá. Estava com bom movimento, apesar da sua localização meio escondida: ele não fica na Av. Libertador, mas em uma travessa dela, na rua lateral do supermercado La Anonima. Esse restaurante é especializado em cocina al disco, que é um panela de ferro feita a partir de um disco de arado. Todos os pratos lá são feitos dessa forma, tudo cozido junto, e servido direto da panela à mesa. Havia opção de peixe, frango, carne, frutos do mar, mas nós pedimos um disco de cordeiro patagônico, super famoso e típico da região. Um disco foi suficiente para nós duas. Estava delicioso, assim como o pão (enorme!) que eles os serviram como couvert.

 

Endereço: Calle Perito Moreno, 95.

A fome estava tanta nesse dia que a foto foi só essa!

 

Wanaco Tradicional Bar

 

Fomos ao Wanaco para jantar em nosso segundo dia de passeios. Ele fica localizado também na Av. Libertador e é todo moderninho, estilo lanchonete/cervejaria. Seu nome é referência ao Guanaco, animal típico da região, que nós viemos a conhecer no dia seguinte, a caminho de El Chaltén (vários atravessavam todos saltitantes a estrada na frente de nosso ônibus). Pedimos empanadas para começar e estavam muito boas, acompanhadas de uma sangria também super gostosa. Para comer, pedimos hambúrgueres, estavam deliciosos!

 

Endereço: Av. del Libertador 1091

 

Restaurante do hotel - Humus Cocktail Bar

 

No dia que fomos para El Chaltén, optamos por jantar no restaurante do hotel mesmo - estávamos podres de cansaço e não queríamos caminhar até o centrinho para jantar. Devíamos ter ido, porque não foi bacana, foi a pior refeição que fizemos na cidade, infelizmente.

 

Pedimos uma massa que não estava boa, mas comemos mesmo assim porque estávamos mortas de cansaço e famintas. Minha irmã também comeu um vinagrete de entrada com pão que fez ela passar muito mal no dia seguinte, então não recomendaria, apesar de saber que isso pode acontecer em qualquer restaurante!

 

Vejam "a cara" da massa... Nem dá vontade né? Achei muito estranha! rsrsrs

  

 

Casimiro Biguá

 

Dia de ir embora, minha irmã meio mal do estômago, resolvemos ter nosso último almoço na cidade no Casimiro Biguá, também bastante conceituado na região, principalmente pelo cordeiro patagônico e localizado na região central da Av. Libertador.

 

Estava bem tranquilo, já que fomos no almoço. Minha irmã pediu uma sopinha e eu um prato que estava muito bom, filet em iscas com pimentão, cebola e purê de batatas. Adorei, o ambiente é lindo e você consegue ver a cozinha preparando o cordeiro no espeto que fica assando por horas a fio!

 

Endereço: Av. del Libertador 993

Espero que tenham gostado da série de posts sobre a Patagônia, eu não esperava que fosse gostar tanto de lá, mas adorei! É um destino relativamente perto de nós e ainda não muito popular entre brasileiros. Em todos os passeios que fizemos encontramos somente um brazuca, dá pra acreditar? A natureza é um espetáculo e a cidade muito bem estruturada para o turismo, vale conhecer.

 

Nossa próxima viagem já está marcada, vamos para Mendoza daqui a um mês! Fiquem ligados para muitas dicas da capital argentina do vinho!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload