© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round

SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

Ronda | Uma cidade apaixonante ❤

29.04.2019

Esse post precisa começar com um suspiro... Ah, Ronda... Que cidade mais apaixonante e romântica! A expectativa era alta e conseguiu ser superada, e vou contar tudo aqui em detalhes porque vale demais a visita, de preferência com um pernoite, como nós fizemos.

 

Quando estávamos lá uma amiga comentou uma foto no Instagram dizendo: Ronda é a cidade mais românica do mundo! Olha, se essa competição existisse, ela com certeza seria uma forte candidata ♥

Nem lembro quando Ronda entrou na listinha de cidades que eu queria muito conhecer, não sei se foi quando descobri o Parador de Ronda, melhor hotel da cidade (e que infelizmente dessa vez não deu pra cacifar $$$$), ou quando pesquisei a região para nossa lua de mel, cerca de três anos atrás. Só sei que morri de vontade de conhecê-la, indiquei a amigos que viajaram para a região e agora chegou minha vez - e nada melhor do que viajar para um destino romântico desses com nosso Amor né? Tipo segunda lua de mel ❤

 

Chegamos a Ronda no fim da tarde de quinta-feira, após visitarmos o castelo de Zahara De La Sierra, nos Pueblos Blancos. Fomos direto para nosso hotel, que foi uma escolha MUITO aleatória (Booking.com!) e sem indicação - gostamos das fotos, da localização, do fato de ter estacionamento gratuito e reservamos. Como falei, queria muito ficar no Parador de Ronda, com chance de ter a vista da Puente Nuevo de nossa varanda, porém ficou para a próxima.

Esse é o Parador de Ronda - pelo menos uma foto eu tirei!

 

O hotel que ficamos foi o Alavera De Los Baños, e nós amamos! É pousada de charme colada na muralha da cidade, exatamente ao lado dos banhos árabes de Ronda, do século XIII, um dos mais bem conservados do mundo. Os banhos, por sua vez, ficam ao lado da Puente Árabe e Puente Viejo - dois pontos turísticos da cidade. Localização excelente!

Banhos árabes de Ronda!

Estacionamos na pacata pracinha que há em frente ao hotel e descarregamos o carro. Fomos recepcionados pelo Cristian, o simpático proprietário que cuida de tudo junto com sua esposa (foi ele quem nos serviu o café da manhã delicioso no dia seguinte!). A pousada, de apenas 11 quartos, funciona de forma parecida ao Botica de Vejer: à noite a recepção fecha e só entram na propriedade os hóspedes com a chave da porta da frente. Ele ainda nos apresentou ao Honesty Bar - um frigobar que fica na recepção abastecido de bebidas com um caderninho em cima: você pode se servir à vontade, bastando anotar o que consumiu e qual o número do seu quarto.

 

O hotel parece ser bem novinho, e a recepção conta com pé direito duplo muito bem decorado em um estilo andaluz - é também no lobby onde é servido o delicioso café da manhã. Adoro esse tom de terracota, o hotel todo é pintado nessa cor.

Nosso quarto (da categoria mais simples) era ótimo e aconchegante, com roupa de cama e banho novinhas, um banheiro enorme e super bem equipado. Na escrivaninha, uma garrafa de água cortesia - adoro essas gentilezas!

No dia seguinte conhecemos as outras áreas do hotel (piscina e apartamentos com varanda) e nos encantamos ainda mais, deu vontade de voltar no verão!

Nessa foto dá para ver a cidade lá em cima e sua muralha!

Após nos instalar no hotel, pegamos com o Cristian na recepção um mapa do centro histórico e algumas indicações de restaurantes. Fomos então em direção a Puente Nuevo para o pôr do sol - é só subir a escadaria de pedra que há quase que em frente ao hotel - tem que ter fôlego, mas se você não tiver, vá devagarinho que dá certo! rsrsrsrs

Todas as calorias gastas na viagem foram devidamente repostas com jamón e outras cositas más, fiquem tranquilos.

 

No fim das escadarias chegamos ao centro histórico, e foi só seguir a calle Santo Domingo, passando por pontos turísticos como o Palácio del Marqués de Salvatierra e pelo Convento de Santo Domingo (que foi a sede local da Inquisição), até que chegamos até ela, a Puente Nuevo, cartão postal de Ronda - o trajeto levou cerca de 12 minutos em ritmo lento e contemplativo!

Igreja de Nuestro Padre Jesús Nazareno iluminada, abaixo na foto parte da Puente Viejo

Detalhe da fachada do Palácio Del Marqués de Salvatierra, em estilo renascentista.

 

Bom, uma vez na Puente Nuevo, foram muitas fotos dos dois lados da ponte. Esse pôr do sol foi realmente um dos pontos altos da viagem (e da vida também). Daqueles lugares em que uma foto vale mais que mil palavras, vejam só:

A Puente Nuevo não é tão antiga (é do séc XVIII), mas mesmo assim impressiona e com certeza foi um grande feito da engenharia da época, já que ela se debruça sobre um penhasco de mais de 100 metros de altura e tem 500 metros de comprimento, ligando a parte nova à parte antiga de Ronda.

Após o pôr do sol deslumbrante e inesquecível que tivemos a graça de presenciar, fomos dar um giro para o lado de lá da ponte, na parte chamada de "nova" da cidade, que não é tão nova assim. É lá onde ficam ruas cheias de restaurantes, bares, lojas e também a Plaza de Toros de Ronda, uma das mais antigas e importantes da Espanha.

 

Foi andando por essas ruas da parte nova que fomos abordados para nos oferecer ingressos para um show de Flamenco que ocorreria aquela noite. De início não nos interessamos, mas depois achamos que seria uma boa ideia (nada mais típico da Andaluzia do que um show de flamenco, certo?) e compramos o ingresso, que dava direito à entrada e uma bebida - foi a única vez em toda a viagem que nos ofereceram assim na rua ingressos para show de flamenco, diferentemente de Buenos Aires, onde a cada esquina encontramos ofertas de show de tango. Se você tem vontade de ir a algum, melhor pesquisar onde tem e comprar ingressos com antecedência, nós acabamos indo meio que por acaso.

Flyer do show - pagamos EUR 18 por pessoa, com um drink incluído. 

 

Tínhamos pouco tempo até o início do espetáculo, então pedimos uns tapas em um restobar bem fofo e agitado que havia ali, chamado Las Maravillas. Tudo muito gostoso, adoramos.

Restaurante Las Maravillas

Carrera Espinel, 12 - Ronda

Tel: +34 666 21 94 62 

 

Nos dirigimos então até o restaurante chamado El Quinqué, local onde assistiríamos ao show e tomamos assento. Pedimos uma taça de vinho e esperamos começar. O show contava com duas bailarinas e três músicos. Adoramos, e ficamos muito felizes por termos decidido ir, valeu muito a pena! Foi lindo, envolvente e com duração na medida certa (não curtimos muito aqueles show intermináveis kkkkkkk).

 

Voltamos à pé para nosso hotel e passamos frio - nossa noite em Ronda foi gelada e ventava muito no caminho! Foi uma delícia voltar ao aconchego de nosso quarto no Alavera De Los Baños!

 

Dia seguinte, sol raiando e iniciamos nossa sexta-feira em alto estilo, com um café da manhã muito delicioso e fotogênico - servido na mesa pelo dono da pousada, que cuida de tudo com o maior carinho!

À caminho do centro, decidimos fazer um caminho diferente do que fizemos no dia anterior e cruzamos a Puente Viejo, fazendo um caminho por trás, em direção ao Jardines de Cuenca. Não sem antes encará-la novamente: a escada! rsrsrsrs

Puente Viejo de Ronda

 

Jardines de Cuenca é na verdade uma pracinha/jardim que fica em cima de um dos penhascos da cidade, e foi de lá que tivemos uma das melhores vista da Puente Nuevo, a melhor vista frontal da ponte em si - anotem essa dica!

Algumas fotos depois, decidimos percorrer o centro histórico, já que no dia anterior passeamos muito rapidamente sem visitar nada, somente o pôr do sol na Puente Nuevo. Passeamos pelas suas ruas cheias de charme e entramos no Palácio Mondragón, que é o Museo de Ronda.

Cachorrinho tomando sol em uma varandinha!

O Palácio Mondragón é um palácio que foi reconstruído após a reconquista, mas que ainda conserva mosaicos e detalhes em gesso da época do domínio árabe. Lá dentro, tudo sobre a história da cidade, com achados de suas primeiras ocupações.

No fundo do palácio, a cereja do bolo:  um belo pátio com uma vista de tirar o fôlego!

Hora do almoço! Nós almoçamos seguindo dica do Cristian, nosso host da pousada, e escolhemos um restaurante chamado Mesón El Sacristán, que fica ao lado da linda Igreja de Santa María La Mayor. Comemos polvo e paella, tudo uma delícia.

Igreja Santa Maria la Mayor, bem ao lado do restaurante! 

Mesón El Sacristán

Plaza Duquesa de Parcent, 14 - Ronda

http://www.mesonelsacristan.com

 

Voltamos para o hotel e carregamos o carro com as nossas malas, a caminho de Setenil de Las Bodegas (já postei sobre, clique aqui para ler!) e Granada!

 

Fomos embora da cidade entendendo completamente o significado do azulejo da foto abaixo. Ronda é mesmo um destino para os apaixonados ❤

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload