© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round

SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

Valdepeñas e Consuegra | Atravessando Castilla-La Mancha

21.05.2019

Dando sequência à nossa viagem, nós reservamos o domingo para fazer o trajeto Granada-Madrid (420km), parando no caminho em duas cidades na Comunidad Autónoma (ou estado) de Castilla-La Mancha: Valdepeñas e Consuegra.

 

Saindo de Granada sentido Madrid, dirigimos cerca de 1h40 pela Andaluzia até cruzarmos  a divisa com Castilla-La Mancha, que é o estado eternizado pelos contos de Don Quijote, do escritor Miguel de Cervantes. Da divisa até Valdepeñas foram cerca de 35 minutos de carro, já perto da hora do almoço. Decidimos almoçar em algum restaurante por lá, que acabou sendo um almoço beeeeem ruinzinho, vou contar.

Valdepeñas - a capital do vinho de La Mancha

 

Estacionamos o carro em um parking no centro e fomos até a Plaza España, onde fica a igreja (Parroquia Nuestra Señora de La Asunción) e vários restaurantes/bares muito cheios, afinal era almoço de domingo!

Não gostamos muito de nenhum, na verdade ninguém parecia muito interessado em nos atender, e fomos então caminhando até a Avenida Primero de Julio, onde havia uma estátua de Don Quijote e vários restaurantes, um ao lado do outro.

Escolhemos almoçar em um chamado Pomodoro, que parecia fazer parte de uma rede italiana de fast food, já tínhamos visto em outras cidades na Espanha. Nossa, o que tinha de barato tinha de ruim, detestamos. Comida bem ruim, estilo industrializada, salão super barulhento... enfim, foi o pior almoço da viagem, não recomendo o tal do Pomodoro rsrsrsrs. Foi tão decepcionante que não rolou nem foto!

 

Valdepeñas conta com a maior área de vinhedos do mundo, é uma grande região vinícola da Espanha e por isso queríamos visitar alguma das 30 vinícolas de lá, porém procuramos algumas opções pela internet e todas estavam fechadas para visitação, já que era domingo. Nem sempre dá para fazer tudo, né? Seguimos viagem depois dessa visita meio frustrada à capital do vinho de La Macha!

Consuegra

 

Uma hora pra frente decidimos fazer outra parada, na cidade de Consuegra. Vale dizer que essas paradas de estrada foram decididas no caminho, com a ajuda do livro Guia Visual da Publifolha que eu adoro, procuro sempre levar quando viajo. Lá tem mapas muito completos, falando um pouquinho de cada cidade, então na estrada íamos fazendo tipo um tour, a cada cidade que passávamos eu lia no livro o que falava sobre a cidade, e foi assim que decidimos parar em Consuegra.

 

O principal atrativo de lá já conseguíamos ver da estrada: os onze moinhos de vento enfileirados, no topo de uma montanha, com um castelo no meio! Se Castilla La Mancha é a terra de Dom Quijote, achamos ótima a ideia de parar para ver os moinhos da região.

Colocamos no GPS e lá fomos nós, morro acima para visitar os moinhos - não se paga nada pela visita, eles ficam ao lado da avenida, basta estacionar o carro e percorrê-los a pé. Para visitar o castelo de Consuegra sim, precisa pagar, porém nós somente ficamos pelos moinhos,  tirando fotos!

O primeiro moinho se chama Sancho!

Há vagas para estacionar e percorrer à pé a área dos moinhos  

Don Quijote recepciona os visitantes em um dos moinhos, onde funciona uma lanchonete. 

Adoramos a parada em Consuegra, um lindo visual!

 

Depois de visitar os moinhos, seguimos nosso caminho até Madrid, em breve sai o post!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload