SIGA-ME!

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

POSTS RECENTES: 

Please reload

FEED INSTAGRAM

Terceiro trimestre e a preparação para o parto!

11.03.2020

Quem em acompanha no Instagram (@blog.entre.emmes) já sabe que Vicente nasceu ❤ já tem pouco mais de dois meses, e quando eu tiver um tempinho quero aos poucos retomar meus posts aqui no blog, algo que me dá muito prazer em fazer.

 

Hoje vou contar sobre o final da minha gravidez e sobre a preparação para o parto. Já escrevi aqui sobre como engravidei, como escolhemos o nome do nosso filho, como passei o primeiro e o segundo trimestre de gravidez, se você não leu, clique aqui para ler

 

O terceiro trimestre

 

O segundo trimestre foi maravilhoso, com dizem, é a lua de mel da gestação, e então chegou o terceiro, a reta final. A barriga começou a aparecer mesmo, ficar mais pesada e o que me ajudou muito em relação a isso foi uma calcinha-shorts para gestantes da Lupo, uma com espaço pra barriga - ela fornece uma ótima sustentação, comprei duas e usei demais! A dor pélvica não passou e foi sem cessar até o dia do parto - foi meu principal incômodo na gravidez - não tive enjôo, não tive azia, passei super bem, mas sofri com uma dor forte na pélvis sempre quando andava ou ficava em pé, acho que bem onde a cabecinha dele estava pressionando.

 

Fizemos no terceiro trimestre, na semana 32, um ensaio gestante - e ficou do jeitinho que eu queria, amei o resultado. Não ia fazer, mas uma amiga me passou um desconto por indicação no estúdio Ablat Fotografia (@ablatfotografia) e decidimos fazer. Sabia que iria me arrepender se não fizesse e valeu muito a pena, que registro lindo dessa fase tão especial e única.

Como contei no post inicial sobre a gravidez, tive risco de ter diabetes gestacional e por isso não descuidei da alimentação por toda a gravidez e fiz muita caminhada. No terceiro trimestre, como estava sentindo muita dor pélvica ao caminhar na rua, na maioria das vezes eu ia na piscina do condomínio fazer caminhadas na água (não é aquecida, mas é climatizada então deu super pra ir já que era fim da primavera, quase verão) - eu andava cerca de 1.300 metros na água várias vezes na semana - a água além de nos deixar mais leves para fazer exercícios, também relaxa e alivia dores. Eu fui tanto na piscina que no dia do parto estava até com marquinha de biquini no ombro (marquinha, OK! kkkkk) Quando chovia, eu fazia exercícios na bola de pilates em casa - aliviava bastante a dor e mais próximo à data do parto era uma forma de me movimentar para tentar fazer o bebê descer e encaixar.

Pronta pra sair pra caminhar!

 

Eu ganhei um total de 15kg na gravidez e em duas semanas pós parto já havia perdido 10kg. Pelo meu porte foi um ganho de peso saudável e eu fiquei super feliz - mas não foi sem esforço, muito pelo contrário: foi com muita dieta e exercícios, mas valeu a pena - agradeço meu médico e meu Marido que ficaram muito em cima de mim pra eu não fugir da raia (literalmente rsrsrs), pois a preguiça e cansaço eram grandes!

Caminhando na semana 38!

 

Nas últimas semanas eu já estava bem cansada (claro, a barriga pesa muito!), mas conseguia dormir tranquilamente de lado, não tive dificuldades pra dormir. A ansiedade veio mesmo apenas uns 5 dias antes dele nascer, antes disso eu estava super tranquila, não me sentia ansiosa, estava curtindo mesmo o barrigão e ele se mexendo dentro de mim - uma sensação tão maravilhosa que nunca vou esquecer na minha vida. Pra quem tem curiosidade: não senti dor alguma com ele mexendo, muito pelo contrário, eu amava, mas tenho amigas que sentiram incômodos. Minha Mãe fala que eu a chutava bem na costela, mas Vicente nunca fez isso comigo!

 

O terceiro trimestre também ficou marcado com a finalização do quarto do Vicente (clique aqui para ler post sobre o quartinho!), últimos detalhes do guarda roupas dele, últimas compras, arrumação de malas etc. A preparação de ninho foi também uma fase muito gostosa!

 

Semanas 38 e 39 - A preparação para o parto!

 

Já contei aqui no blog que eu queria muito um parto normal. Me preparei fisicamente e emocionalmente para isso, estava realmente disposta a tudo o que fosse necessário para encará-lo, e também encontrei um médico que topou me ajudar a conseguir esse parto se fosse possível, o Dr. Marcos - e olha que minha data estimada de parto era 06 de janeiro, então o bebê poderia vir a qualquer momento entre Natal e Ano Novo e mesmo assim recebi todo apoio dele para fazermos o possível pra um parto normal.

 

Na reta final, a partir da semana 38 começamos os monitoramentos: eu falava dia sim, dia não com Dr. Marcos, fiz ultrassons, fui duas vezes fazer cardiotoco para ver se estava tudo bem com o bebê e se eu tinha contrações... Foram duas semanas assim: esperando a bolsa romper, esperando o tampão sair, esperando ter contrações e... Nada. Eu ligava pra ele e falava: "Dr, nada ainda!" e ele: "vai pra bola, vai caminhar...", eu falava: "mas não estou aguentando dar dois passos" e ele: "vai mesmo assim e se sentir qualquer coisa diferente, me ligue!". E eu ia... caminhava na rua (com muita dificuldade e dor da barriga pesada!), na esteira, caminhava na piscina, ficava me movimentando na bola, até agachamentos eu fiz. Nada... Sem sinal do bebê encaixar ou querer nascer, apesar de estar em posição cefálica (de cabeça pra baixo).

 

Em uma das consultas finais com o Dr. Marcos, pré-agendamos uma cesárea para dia 05/01. Se o bebê não quisesse nascer até esta data (apesar de todas minhas "tentativas" de entrar em trabalho de parto naturalmente), fariamos a cesárea por um único motivo: o Vicente estava desde a semana 31 com o cordão enrolado no pescoço, e apesar disso não ser um impedimento para o parto normal, ele sempre me disse isso, o tornava um pouco mais delicado pois poderia dificultar a descida dele - de fato em 40 semanas ele não encaixou. Com o cordão no pescoço o Dr. Marcos também não achava prudente induzir o parto nem deixar passar das 40 semanas (que se completariam dia 06/01).

 

O que aconteceu foi que não entrei mesmo em trabalho de parto, não senti nenhuma contração e dia 04/01 internamos para a cesárea ser feita dia 05/01 - quando meu grande amor veio ao mundo via uma cesárea super esclarecida e tranquila, mas isso é assunto para o próximo post, quando vou contar tudo sobre meu parto e pós parto!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

© 2023 por Armário Confidencial. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Instagram Black Round